Marketing sensorial

Uma marca ou um ambiente são automaticamente associados aos estímulos que provocam através de seu logotipo, cores, imagens, ícones, personagens e demais elementos, comunicando seus valores por meio destes símbolos. No varejo e na apresentação de produtos, ocorre o mesmo. O Marketing Sensorial é a exploração dos sentidos – visão, audição, olfato, tato e paladar, como parte de estratégia de diferenciação e posicionamento, capazes de trabalhar no consumidor todo o potencial mental e assim, comunicar de forma mais clara e natural a mensagem do marketing.

coffee-983955_960_720Colocamos como exemplo o café - é ou não é um produto que deixa uma marca incrível em quem está por perto?!

Explorar todo o potencial de comunicação da marca através dos cinco sentidos eleva o status da marca e o coloca em vantagem competitiva frente aos concorrentes.

Marketing Sensorial tem como objetivo atingir o subconsciente dos consumidores influenciando no seu comportamento de compra e enviando mensagens que vão além das palavras e das imagens.

Uma simples estratégia de Marketing Sensorial em uma loja de varejo pode ter um impacto extremamente positivo, especialmente no humor dos consumidores e com isso, impulsionar as vendas. O mais feliz e satisfeito dos clientes, é o mais propenso a comprar mais – um conceito que os donos de lojas devem utilizar não só quando pensamos em Marketing Sensorial, mas sim em todas as ações de Marketing.

"Não somos impulsionados pela realidade, mas sim por nossa percepção da realidade." Anthony Robbins

Visão, olfato, tato, paladar e audição são estímulos sensoriais que podem desencadear respostas emocionais poderosas nos clientes.

De acordo com a autora Regina Blessa  do livro Merchandising no Ponto de Venda, os sentidos são percebidos da seguinte forma:

Olfato 3,5%

Paladar 1,0%

Tato 1,5%

Audição 11%

Visão 83%

.. tendo como ferramenta principal a parte visual, já conhecida por ser o sentido que mais capta a atenção do consumidor. (Fica a dica)

Implementar o Marketing Sensorial dentro do ponto de venda aumenta significativamente os lucros – pois age diretamente na emoção do cliente, além de provocar resultados expressivos na percepção do consumidor quanto a identidade de marca e posicionamento de mercado.

Acostumado a ser estimulado apenas pelo visual, quando surpreendido positivamente através de estímulos vindo de outro sentido como audição – uma boa música, e olfato – um perfume agradável, o consumidor automaticamente eleva sua percepção com relação ao ambiente e a qualidade do serviço prestado. Esses estímulos quando trabalhados continuamente podem ser o que de fato, vai diferenciar o seu negócio frente a concorrência e colocá-lo num patamar acima.

Muito bacana, né? Vamos praticar! :)